MHR Ecoturb Life

O que é a Turmalina Negra e seus Benefícios

Aqui vamos tratar apenas de forma científica este poderosa pedra, não mencionando os benefícios descritos em sites de terapias holísticas ou mesmo em doutrinas espirituais.

Resultado de imagem para turmalina negra

A turmalina negra desenvolveu-se de granitos por atividades vulcânicas e transformou-se em rochas cuja composição foi alterada pela ação do calor e da pressão.

Seus cristais são o principal exemplo de minerais que se carregam eletricamente quando sujeitos à mudanças de temperatura. Possuem potencial elétrico permanente e são encontrados em diversas cores e tonalidades. A palavra turmalina é uma junção da palavra turamali do cingalês para pedra que atrai a cinza (uma referência às suas propriedades piroelétricas ou piezoelétricas).

Concluiu-se que a turmalina é a única pedra que recebe os elétrons da atmosfera e gera eletricidade contínua de 0,06 mA (miliamperes), sendo a partir de então, denominada “Pedra Elétrica” essa tremenda natureza elétrica estimula o sistema nervoso, regula a temperatura do corpo, a respiração, os batimentos cardíacos, a taxa hormonal, e aumenta a defesa do organismo.

Estudos confirmam que a turmalina acumula e fornece aos usuários íons negativos, que por sua vez fortalecem a energia vital das pessoas.

A INFORMAÇÃO MÍSTICA

A turmalina negra é a pedra “pára raio” das energias negativas. Sendo por excelência uma super pedra de proteção capaz de dissipar todos os tipos de energia negativas. Não absorve energia negativa, mas a repele. Por esta razão sugere-se que as pessoas sempre tragam consigo uma turmalina preta para a proteção.

A INFORMAÇÃO CIENTÍFICA

Ela tem ainda a incrível capacidade de captar a energia positiva (Cátions) da atmosfera do Planeta (Ionosfera) e então emitir em todas as direções partículas carregadas negativamente, conhecidas como íons negativos (ânios), as quais são capazes de purificar o ar e a água além de promover melhoras no metabolismo. Esta interessante característica é útil também para reduzir os efeitos negativos de ondas eletromagnéticas de celulares e demais equipamentos eletrônicos.

Pelas mesmas razões, ajuda na defesa contra doenças debilitadoras, como condições cardíacas , artrite e sistema imunológico fraco. 

A potencialização que criamos no processo de fabricação, para os benefícios da Turmalina, permite que nossos usuários obtenham resultados mais profundos, rápidos e muitas vezes imediato.

Temos outros POSTs no BLOG que explicam melhor estes termos e benefícios.

Os minerais do grupo da turmalina constituem em um dos mais complexos grupos de minerais de silicato quanto à sua composição química, sendo todos eles ciclossilicatos.

Trata-se de um conjunto de minerais de silicato de boro e alumínio, cuja composição é muito variável devido às substituições isomórficas (em solução sólida) que podem ocorrer na sua estrutura.

ELEMENTOS – PARTE TÉCNICA

Os elementos que mais comumente participam nestas substituições são o ferro, o magnésio, o sódio, o cálcio e o lítio existindo outros elementos que podem também ocorrer. A turmalina tem clivagem prismática boa a pobre, e pobre clivagem romboédrica. A sua fratura é de subconcoidal a regular.

Tem dureza 7-7.5 e o seu peso específico é de 2.9-3.2, a densidade é mais elevada nas espécies portadoras de ferro.

Os exemplares vão de transparente a opacos com lustrevítreo, por vezes resinoso em espécimes escuros.

A turmalina cristaliza no sistema trigonal e apresenta-se geralmente sob a forma de cristais de longos e delgados a prismáticos e colunares grossos geralmente com secção triangular. É interessante notar que as terminações dos cristais são assimétricas (hemimorfismo). Os cristais prismáticos delgados são comuns num granito de grão fino chamado aplito frequentemente formando um padrão radial.

A ESTRUTURA

A turmalina é distinguida pelos seus prismas de três faces; nenhum outro mineral comum apresenta três faces. Os prismas têm frequentemente estriações verticais bem marcadas que produzem um efeito triangular arredondado. A turmalina raramente é euédrica, uma exceção eram as dravites de Yinnietharra, Austrália ocidental. O depósito foi descoberto nos anos 70 mas encontra-se já esgotado.

CORES E ORIGENS

A turmalina apresenta uma grande variedade de cores. Geralmente as turmalinas ricas em ferro vão desde o preto ou preto-azulado ao castanho escuro; aquelas ricas em magnésio são castanhas a amarelas e as turmalinas ricas em lítio apresentam-se praticamente em todas as cores do arco-íris, azul, verde, vermelho, amarelo ou cor-de-rosa etc e raramente são incolores.

Os cristais bicoloridos e multicoloridos são relativamente comuns, reflectindo variações da composição do fluido durante a cristalização. Os cristais podem ser verdes numa extremidade e cor-de-rosa na outra ou verdes no exterior com interior cor-de-rosa (este último tipo é por vezes chamado turmalina melancia).

A variedade mais comum de turmalina é a schorl, descrita pela primeira vez por Johannes Mathesius em 1524. Estima-se que possa corresponder a 95% ou mais de toda a turmalina existente na natureza. O significado da palavra schorl é um mistério tratando-se talvez de uma palavra de origem escandinava.

Gemas de turmalina, vivamente coloridas, provenientes de Sri Lanka, foram trazidas para a Europa em grandes quantidades pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais, para satisfazer a sua procura como objecto de curiosidade e como gema. Nessa altura não se sabia que a schorl e a turmalina eram o mesmo mineral.

A turmalina é encontrada em dois tipos principais de ambientes geológicos. Rochas ígneas, em particular o granito e pegmatitos graníticos e nas rochas metamórficas como o xisto e o mármore. O schorl e as turmalinas ricas em lítio são geralmente encontradas em granitos e pegmatitos graníticos. As turmalinas ricas em magnésio (dravites), estão limitadas aos xistos e aos mármores.

FINALIZANDO

Por sua capacidade de emitir radiação infravermelha na faixa de 9 mícrons, a Turmalina Negra é também útil para terapias, sendo muito recomendada para a melhora energética da circulação nos microvasos sanguíneos.A Turmalina Negra livra o corpo de radiações negativas e de bloqueios, que pesam sobre todo nosso sistema nervoso. Ela favorece a musculatura, melhora juntas e ossos sujeitos a dores.

PINGENTE criado com a Tecnologia MHR Ecoturb com revestimento em Niquel ou Folhado à Ouro 18K

No campo mental a turmalina negra deixa as pessoas com mais disposição, energia e voltados para a produção. No emocional ela é muito conhecida por auxiliar muitas pessoas ao redor do mundo a saírem de processos depressivos, alguns bastante severos até. No campo espiritual a turmalina negra consegue dissipar energias negativas dos ambientes com a sua poderosa energia mística, fazendo com que climas tensos se tornem mais amáveis e pessoas rudes se tornem mais flexíveis e receptivas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dúvidas? Chame no WhatsApp.
Rolar para cima